Trabalho sobre Código de Ética dos Administradores

Você precisa entregar o trabalho sobre o código de ética dos administradores e ainda não fez nada.

Agora precisa providenciar, para ontem, alguma coisa sobre código de ética dos administradores.

Bem, você veio ao lugar certo. Escrevi este texto para te ajudar!

No final, se o conteúdo te ajudar você deixa um comentário, ok?

Distinção entre moral e ética.

Para fazer um trabalho sobre o Código de Ética dos Administradores você precisa, no mínimo, saber o que é ética.

De maneira simples e bem resumida, para compreender o que é ética, precisamos distinguir o significado de moral e de ética.

O que o filósofo Clovis de Barros Filho tem a nos dizer sobre ética e Moral?

Clóvis de Barros cita, no vídeo Moral e Ética, a moral como:

O pensamento livre sobre a vida, é o esforço intelectual que fazemos sempre, para escolher o melhor caminho.

E cita a ética como:

Um esforço que fazemos para encontrar a melhor forma de conviver. A ética tem uma dimensão coletiva, uma dimensão universal.

São as condutas que uma sociedade compreende como corretas.

A ética é o estudo filosófico de uma determinada moral.

Em outras palavras, é o estudo dos fundamentos e princípios da moralidade dos indivíduos de uma determinada sociedade para deliberar qual a forma ideal de conviver naquela sociedade.

Por isso é citada na parte inicial do Código de Ética como explicação teórica do fundamento último do agir humano, ou seja, está mais ligada à teoria, a regras.

Dessa forma, ninguém pode se intitular moral ou ético.

Digo isso porque nem todos os nossos comportamentos são morais aos olhos dos outros.

E nem seguimos a risca todas as normas ou regras que a sociedade na qual estamos inseridos, define como ética.

Podemos dizer apenas que pautamos nossas decisões na nossa moral individual, buscando atender também as regras éticas de nossa sociedade .

Ou pelo menos deveria ser assim.

Portanto, moral é o modo de ser, tem conotação com o que é interno, com caráter ou índole.

Já a ética relaciona-se com os costumes, com o que foi acordado e consolidado como correto para a sociedade.

Desta forma, mesmo que a compreensão do que é moral mude para a maioria dos indivíduos e resulte numa mudança das regras éticas da sociedade, sua noção moral sobre o assunto pode permanecer a mesma.

Não entendi nada, preciso de um exemplo para fazer meu trabalho sobre código de ética dos administradores.

Tudo bem, vamos ao exemplo:

Nossa sociedade sempre considerou a monogamia (casamento apenas com um parceiro do sexo oposto) a conduta moral a ser seguida, certo?

Essa noção moral da maioria dos indivíduos resultou na regra ética de que bigamia é errado sendo considerado crime (Código Penal – artigo 235).

Como essa moral prevalece para a maioria dos indivíduos, a regra ética continua em vigor.

Já o adultério teve outro desfecho.

Antigamente era considerado imoral para a grande maioria das pessoas.

Por isso, houve um entendimento filosófico de que deveria ser considerado errado para um bom convívio em sociedade.

Desta forma, o Código Penal considerava, em seu artigo 240, o adultério como crime.

Isso mudou apenas com a revogação do artigo 240 do CP, através da lei 11.016/05.

Ou seja, adultério era considerado crime até 2005. (imagine se houvesse fiscalização, metade da população estaria presa…)

Portanto, a partir de 2005, houve uma mudança na compreensão ética da sociedade.

E o adultério deixou de ser considerado crime, apesar de para alguns ainda ser considerado imoral.

Pois é, mas, na atualidade algumas pessoas questionam o posicionamento moral da nossa sociedade.

Hoje se fala em relacionamentos abertos (vários parceiros), homo afetivos (parceiros do mesmo sexo) e outras formas de relacionamento que não eram nem discutidas na sociedade antigamente.

As mudanças na moral (individual) estão ocorrendo.

Se a moral da maioria dos indivíduos vier a concordar com essas mudanças, inevitavelmente a ética social também sofrerá mudanças.

As leis mudarão e  o que é considerado ético mudará.

A moral individual de muitos poderá mudar, mas, isso não significa que sua moral (posicionamento pessoal) precisará ser modificada.

Mas tio, isso parece a Dilma falando!

Tudo bem, vamos a outro exemplo, se você é motorista vai ficar mais fácil.

Você pode considerar normal dirigir acima da velocidade permitida e reduzir apenas quando passar por um radar.

Mas veja, você considera normal porque não gera conflito com sua moral (pensamento pessoal).

Mas, com certeza é uma conduta moralmente falha na visão de outras pessoas.

Acima de tudo é anti-ética, uma vez que há o entendimento de que a regra de velocidade máxima estabelecida pelo CTB deve ser respeitada durante toda a via.

Conseguiu compreender a diferença entre moral (seus valores pessoais que determinam como você age independente de fiscalização) e ética (valores que norteiam a sociedade como um todo)?

Agora você pode começar a fazer seu trabalho sobre  código de ética dos administradores

Se você quer saber mais sobre código de ética, sugiro que leia um artigo completo sobre o assunto:

Tudo o que você precisa saber sobre o Código de Ética dos Administradores

E é isso, se gostou comente logo aqui embaixo e compartilhe com outros administradores.

Se não gostou, comente para que eu saiba como melhorar.

Forte abraço.

Até a próxima.