Objetivos profissionais para colocar no currículo : 4 coisas que o administrador(a) deve saber

Eu te desafio a definir o seu real valor. Você é capaz de escrever objetivos profissionais para colocar em currículo de forma correta?

escrever objetivos profissionais para colocar no currículo

Vou além, você é capaz de definir especificamente qual é o seu principal desejo profissional para os próximos 5, 10 ou 20 anos?

Pois saiba que definir objetivos de forma correta e clara é, até certo ponto, complexo. Exige um bom treinamento e boa dose de paciência.

É sobre isso que trata esse artigo.

Fique comigo, leia até o final e aprenda 4 coisas sobre objetivos profissionais para não errar na elaboração do seu passaporte para a oportunidade de trabalho dos seus sonhos.


 


# 1 – Saber ser específico [como o Miguel de 3 anos] com seus objetivos profissionais para colocar em currículo

Você sabe ser específico quando quer algo? Conheça a história a seguir para fazer sua autoavaliação.

Quando meu filho de 3 anos está com fome, ele possui somente um objetivo. É o que ele denomina de “dedeira”.

Para que você saiba, dedeira é leite com chocolate, mas pra o Miguel, é também o bem maior que aplaca sua fome, afasta seu mau humor e o transforme no dócil garoto que ele é.

Mas não pense que entregar-lhe apenas o leite com chocolate será capaz de acalmá-lo.

Posso lhe garantir que preparar um leite com chocolate sem antes ouvir a reza diária de suas especificidades e particularidades vai ser estressante.

Me pergunto, como um garoto de 3 anos consegue ser tão específico para uma coisa tão pequena e trivial?

Ele estabelece um milhão de regras para que seu leite com chocolate esteja exatamente de acordo com a sua necessidade.

Antes que iniciemos a preparação da refeição ele nos chama e começa a tecer as especificações:

Pai, quero uma dedeira desse tamanho ó!

Nesta hora ele levanta o braço esquerdo e coloca o dedo na base do ombro e vai subindo com o dedinho medindo o tamanho até chegar na altura do pulso.

Depois ele diz:

Faz o tamanho para eu ver!

Então, eu devo fazer a mesma coisa que ele faz levantando o braço e esquerdo e fazendo a medida do tamanho com o direito.

Após garantir que eu entendi o tamanho do leite que ele quer, começa a segunda parte.

Quero uma dedeira quentinha, no meu copo de bico, com lugar de segurar, sem bolinhas (chocolate que não dissolveu), no meu quarto, com episódios (episódios são desenhos que passam no youtube) no seu celular papai.

Sem saber ser específico você não será capaz de definir o seu objetivo profissional no currículo de maneira correta.

Mas, como é possível ser específico em pedir algo se o sujeito não sabe o que quer?

Precisamos ir além, sem possuir objetivos profissionais claros e bem definidos não será possível ter um bom currículo profissional.

Me acompanhe pelos próximos tópicos.


# 2 – Saber quais são os objetivos profissionais e ter isso bem claro

Será que existe algo que se possa colocar no objetivo quando você não possui um objetivo?

A resposta é NÃO!

Não há como definir de forma adequada um objetivo quando você não possui um. Ou você tem objetivo ou não tem nada.

Há uma frase que já virou chavão, mas se aplica muito bem ao nosso caso aqui. É a célebre frase de Lewis Carroll (Autor do Livro Alice no País das Maravilhas)

“Se você não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve.”

Por mais que você insira no campo “objetivo” somente o cargo que pretende concorrer (Ex. Administrador ou Gerente), isso não será capaz de dizer muita coisa sobre o que você realmente quer, nem muito menos sobre quem você realmente é.

E ainda que você só faça a especificação do cargo como no exemplo acima, é preciso dizer que, mesmo assim,  esse objetivo deveria estar alinhado com suas metas profissionais de curto ou pelo menos médio prazo.

Objetivo é tudo, ainda mais em um currículo

Perceba que o objetivo é algo que define tudo.

É pela definição do objetivo que os recrutadores vão avaliar se eles (os objetivos) são ou não coerentes e congruentes com os da organização.

Portanto, não há outra forma de resolver o problema do objetivo. Você tem que defini-los e saber exatamente qual é o seu alvo.

Vou te contar outra história para ilustrar bem o que estou falando.

Recentemente atendi uma pessoa que ao terminar um processo de coaching, optou por fazer algumas sessões de consultoria para alinhar seu currículo com as metas estabelecidas ao longo do processo.

Até aí tudo bem. O problema é que este profissional havia passado por um longo período sem saber exatamente o que queria.

Ao analisar seu currículo, pude notar um grande número de experiências profissionais diferentes e realizadas num período curto de tempo.

Ou seja, muita rotatividade de empregos e funções que não gerava um acúmulo de experiência bacana para participar de processos seletivos mais relevantes.

Perceba que a falta de objetivos profissionais por um longo período de tempo dificultou ainda mais a situação do profissional.

Em alguns caso a situação pode ser tão grave a ponto de manchar a vida profissional de alguém pra sempre, ou seja, um ponto sem volta.

Isso significa não ter a chance de participar e vencer algumas das melhores oportunidades profissionais do mercado.

Mas o que fazer então?

Confira a seguir.


# 3 – Saber definir o que exatamente você quer para sua carreira

Pode até parecer fácil, mas acredite, definir exatamente o que se quer para a carreira não é algo que possa ser considerado “Mamão com Açúcar”.

Muita gente passa por toda uma vida profissional sem descobrir aquilo que gosta e ama fazer.

Posso dizer que sou um sortudo e de certa maneira tomei a decisão certa ao escolher a administração de empresas.

Mas, dentro da área da administração, que é um mundo, demorei quase 10 anos para escolher a área que queria me especializar.

Experimentei uma porção de atividades práticas até chegar à área de gestão por processos.

Mas, voltando ao ponto de discussão. Como é que fazemos para saber exatamente o que queremos pra nossa vida profissional?

Por onde devo começar para conseguir escrever objetivos profissionais para meu currículo?

Comece primeiro pensando nas coisas que você gosta de fazer, se for possível pense em mercados (Industrial, Comercial, Serviços) que estão alinhados com aquilo que possui afinidade.

Depois, pergunte que tipo de empresas dentro destes mercados específicos mais se adequam ao seu perfil ou aquilo que você gosta.

Por exemplo: Se você gosta de coisas ligadas a beleza e cuidados pessoais pode tanto fazer uma relação de empresas que comercializam este tipo de produtos (Natura, Boticário, etc…) ou empresas que prestam serviço nesta área como Clínicas de Estética, Clinicas de Depilação, etc…

Pense na forma como quer realizar este trabalho, por exemplo: buscar uma opção de trabalho que ofereça horários flexíveis.

Pense e reflita sobre a remuneração oferecida para as posições que você busca. Pode ser que algo que você queira seja muito bom em termos de realização, mas talvez seja péssimo para remunerar.

Minha esposa por exemplo ama a Fisioterapia, contudo é uma área que não remunera muito bem.

Por fim, tente conversar também com amigos e familiares sobre qualidades que eles vêem em você. Tente obter deles palavras que melhor descrevem seus pontos fortes.

Para não perdermos tempo, vou lhe indicar este artigo que trata de ensinar a você como ser um bom administrador. No artigo eu falo de uma técnica infalível sobre combinar três questões para ser um sucesso.

Também há uma ferramenta desenvolvida por nós que pode ajudar bastante, Clique aqui para baixar autoanálise da caminhada profissional.  


# 4 – Como escrever um objetivo para colocar no currículo

Bom, se você chegou até aqui é porque você já sabe o que quer da vida e precisa de saber na prática como escrever um objetivo para colocar no currículo.

Tudo que já vimos até agora mais os artigos que indiquei podem te ajudar a elaborar o melhor objetivo profissional para sua carreira.

Mas é hora de colocar isso no currículo. Vamos juntos então.

O primeiro passo é pegar o seu objetivo de carreira profissional e montar a sua meta SMART. Para saber como fazer isso leia esse artigo que fala como estabelecer metas SMART.

Para melhorar a compreensão vou dar dois exemplos de uma situação criada a partir de um processo de coaching:

A Situação do objetivo do Pedro

Pedro já trabalhou como soldador por dois anos e como foi demitido recentemente devido a uma reorganização administrativa, está estabelecendo uma nova meta de trabalhar como Inspetor de Solda.

Vejamos como seria uma meta SMART e outra não SMART.

1.Meta não SMART:

Conseguir uma boa oportunidade de trabalho e ganhar mais.

Perceba como é genérico, não gera uma ação específica. Além disso, para ser inspetor de solda é preciso realizar curso Preparatório para Certificação em Inspetor de Solda – N1 de 200 horas.

Ou seja, esta meta também não é atingível pois Pedro não conseguirá a oportunidade se não se certificar como Inspetor de Solda – N1.

Para que seja possível transformar esta meta em uma meta SMART é preciso fazer algumas perguntas:

  • Que tipo de oportunidade de trabalho?
  • Em alguma empresa ou ramo específico?
  • Com algum salário mínimo limite?
  • Esta meta é atingível? Você possui todos os requisitos, cursos, certificações e o que mais for preciso?
  • Esta meta é atraente para você? Possui alguma relevância para sua vida profissional?
  • Como vai saber que está conseguindo ou que já atingiu a meta?
  • Em quanto tempo pretende atingir esta meta?

Depois de responder as perguntas acima teremos algo como este exemplo:

2.Meta SMART: 

Conseguir uma oportunidade de trabalho como  Inspetor de Solda – N1 em uma das indústrias do município de Serra|ES, com salário de R$ 3.000 até o final de 2018.

Para que eu atinja esta meta precisarei fazer o curso Preparatório para Certificação em Inspetor de Solda – N1 da Escola CETEPS que pagarei com o dinheiro da minha rescisão.

Ao atingir esta meta estarei realizando o meu sonho de trabalhar como inspetor de solda e minha família se orgulhará de mim.

Saberei que estou conseguindo atingir a meta quando concluir o curso e passar na certificação, e também quando for chamado para entrevistas.

Por fim, terei certeza alcancei a meta quando receber a ligação do recrutador dizendo que fui selecionado para o cargo de inspetor de solda.

Confira você mesmo, está tudo aí.

Como criar um critério ou estratégia para atacar seu alvo.

Vencido esta etapa crie um critério que seja possível estabelecer uma amostra de empresas que você queira trabalhar.

Por exemplo:

Empresas de comércio de cosméticos, de nível Nacional, com mais de 1000 funcionários, que esteja na lista das 100 melhores empresas para se trabalhar, que tenha programa de Trainee uma vez por ano, e assim por diante.

O importante com esse exercício é você criar um alvo. Então não leve meu exemplo a risca, é só um exemplo, defina o seu critério. Aquilo que faz sentido pra você.

O próximo passo é definir o seu alvo, sua meta, ou seja, a empresa que você quer trabalhar.

Tente fazer isso usando o bom senso, na prática, como já vimos sua meta deve ser realista, portanto avalie de forma lógica se seu histórico profissional é compatível com o nível de exigência da empresa que você busca.

Se for compatível, vá pra cima.

Visite o site da empresa, veja o planejamento estratégico, procure informações contábeis, converse com funcionários, visite redes sociais, enfim…. pesquise a vida da empresa e tenha na ponta da língua tudo o que é importante saber sobre ela.

Leia suas anotações memorize o que é importante e não esqueça de nada.

Perceba que ainda não pegamos o currículo para formular o texto do campo objetivo.

Mas, chegou a hora.

De posse da pesquisa, da sua meta SMART, do seu alvo ou empresa, computador e um bom modelo de currículo que você pode baixar aqui, faça a descrição do seu objetivo alinhando sua meta com informações importantes que você colocou na sua pesquisa sobre a empresa.

Vou tentar escrever um modelo de objetivo para colocar no currículo para você ter uma noção de como é fácil, claro, para quem sabe para onde quer ir.

Vamos ao exemplos:

Vamos dizer que no exemplo dado acima para o nosso amigo (Pedro) que quer trabalhar de Inspetor de Solda, ele tenha pesquisado uma empresa que esteja em processo de certificação em ISO 9001.

Todo mundo sabe que ISO 9001 é a norma para certificar empresas em excelência na gestão da qualidade.

Vamos considerar também que uma área de interesse de Pedro seja justamente a gestão da qualidade, processos gerenciais, etc… (quero só lhe mostrar o exemplo).

Afinal, como falei anteriormente, você precisa procurar coisas em comum entre as metas da empresa e as suas. É isso que os recrutadores estão buscando, nada mais.

Eles querem saber se sua mão de obra é qualificada e se ela possui características que agregam valor aos objetivos de negócio da empresa.

Praticando a redação de objetivos profissionais para colocar em currículos

Feitas estas considerações, vamos a redação do objetivo:

Objetivo 1:

Atuar como Inspetor de Solda para ajudar a [nome da empresa] a melhorar sua capacidade de identificar e analisar as necessidades dos clientes e produzir e fornecer serviços que atendam a esses requisitos e que garantam a melhoria contínua do sistema de gestão da empresa.

Ficou um grande, mas a grande sacada aqui é você ir sintetizando até chegar no modelo ideal.

Vamos a outro exemplo:

Objetivo 2:

Atuar como um comprometido Inspetor de Solda para o sucesso da [coloque o nome da empresa aqui] na busca pela certificação de conformidade ISO 9001.

Veja que eu poderia ficar muito mais tempo aqui escrevendo modelos, contudo isso não vai adiantar nada pra você, pois, o que interessa é o seu objetivo.

Nunca, mas nunca copie objetivos. Você poderá usar um modelo de redação, uma ideia de algum amigo, mas jamais copie e cole objetivos. Eles são únicos, eles são exclusivamente seus.


O que aprendemos:

Aprendemos que o mais importante ao escrever objetivos profissionais para colocar no currículo é:

saber que tudo fica mais fácil quando se tem objetivos e metas, ou seja, quando se sabe exatamente o que se quer.

Depois disso, é preciso ter uma alvo e uma estratégia, ou seja, defina onde quer dar seu tiro, mire e bang…. acerte no alvo.

Para conseguir atingir seu alvo com precisão, seja o mais específico que puder ser.

Por fim, nunca desista. Insista até atingir seus objetivos profissionais.

Espero de coração que esse conteúdo tenha lhe ajudado. E se ajudou, quero que pedir um favor… compartilhe-o.

Compartilhando este post você me ajuda a manter este blog e a continuar minhas pesquisas e testes. Depois, retorne aqui sempre que precisar de uma ideia nova que você vai encontrar.

Se você ficou com alguma dúvida, ou tem alguma pergunta para me fazer, escreva no formulário abaixo. Vou adorar responder exclusivamente para você, deixe seu e-mail para que eu possa enviar-lhe a resposta.

Um forte abraço e boa sorte na sua busca por uma ótima oportunidade.

Adm. Jadir Tosta Junior – CRA 7281.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *