O jovem administrador e o experiente: concorrência desleal para quem?

Conheça os segredos para vencer a concorrência na disputa por oportunidades de trabalho, seja para um jovem administrador ou um administrador mais experiente.

Você é um jovem administrador ou um administrador mais experiente?

Por acaso você já ouviu alguém dizer assim?

  • Não consigo uma oportunidade porque o mercado não está contratando;
  • A crise não deixa as empresas crescerem e conseguir um trabalho está muito difícil;
  • As empresas são muito exigentes com os profissionais.

Muitas pessoas assumem uma postura muito negativa diante do drama do desemprego.

Uma postura comum é culpar o mercado, a crise e ou as exigências das empresas.

Outra postura adotada é culpar a concorrência, e nesse caso, duas desculpas são muito utilizadas:

  • Sou novo demais e não consigo uma oportunidade;
  • Já estou com a idade muito elevada para o mercado;
 



 

Se você se sente assim e dá este tipo de desculpa, saiba que tais comportamentos são crenças limitantes e não fazem nada bem para quem busca uma recolocação.  Leia sobre crença limitante neste artigo.

Mas não se preocupe, leia este artigo até o final e aprenda como superar a concorrência e vencer na carreira, seja você um experiente ou jovem administrador.

1 – AFINAL QUEM LEVA VANTAGEM NA DISPUTA: O JOVEM ADMINISTRADOR OU O EXPERIENTE?

Dizer que não existe concorrência seria uma tolice da minha parte.

Mas será mesmo que existe uma disputa especifica entre os novos profissionais e os mais antigos?

Você já ouviu falar em efeito halo”? 

Então, este efeito foi estudado pela primeira vez em 1920 por Edward Thorndike.

Ele ocorre quando uma característica de algo influencia o modo como as pessoas percebem outra característica não relacionada.

Por exemplo, se alguém é bonito, muitos presumem que também é inteligente e confiável.

Assim, se o profissional é mais experiente muitos presumem que ele é mais capacitado, mas se tal profissional é alguém mais jovem na profissão, pode-se presumir que é mais inovador ou mais vigoroso, etc.

De fato a concorrência é alta, no entanto, esta concorrência não ocorre especificamente entre o o jovem administrador e o mais experiente.

A disputa na verdade acontece no âmbito da necessidade da empresa e na qualificação do profissional.  Veja a seguir.  

2 – SE CONVENÇA PARA VENCER AS OBJEÇÕES MAIS COMUNS.

O fato é que cada empresa possui uma necessidade.

Desta forma, o profissional, seja ele um jovem administrador ou um administrador mais experiente, precisa compreender tal fato e posicionar-se de maneira estratégica na disputa.

Afinal empresa não contrata alguém só pelo fato da pessoa estar no início de carreira ou já possuir uma bagagem.

Isso acontece em um contexto de negócio, do objetivo da empresa, do perfil e qualificação do profissional, dentre muitos outros fatores.

Certamente que é importante para o profissional, seja qual for sua história de carreira, é vencer as objeções mais comuns:

Objeções:

  • Sou novo demais e não consigo uma oportunidade;
  • Já estou com a idade muito elevada para o mercado;

Para quem pensa que é novo demais, pode olhar o lado bom da coisa e vencer esta objeção da seguinte maneira:

  • Contratar alguém experiente é mais caro para a empresa, pois, o profissional com mais bagagem não aceita qualquer salário;
  • Além disso, alguém mais experiente pode buscar uma oportunidade melhor e deixar o empresário na mão;
  • Um jovem administrador pode ser treinado da maneira que a empresa deseja;
  • Um administrador mais novo aprende rápido, possui mais saúde e disposição. Dentre outras vantagens;

Já para quem se imagina com idade elevada para o mercado, veja bons exemplos  para vencer esta objeção:

  • O profissional experiente assume riscos controlados;
  • Pode utilizar a experiência. O novato não conhece o contexto de trabalho, é muito focado na tarefa,
  • Um profissional mais experiente possui menor chance de errar na tomada de decisões;
  • O experiente já vem com bagagem e treinamentos de outras empresas.

Portanto, é evidente que qualquer objeção pode ser vencida. Você precisa se convencer primeiro de que pode garantir uma boa oportunidade, independente se você é um jovem administrador ou um mais experiente.

Mas, lembre-se, procure a empresa com a necessidade certa.  

3 – COMO SE FORTALECER DIANTE DA CONCORRÊNCIA

Alguns profissionais da área de recursos humanos dão dicas e orientações a esse respeito.

Para os jovens administradores:

  • Voluntariado;
  • Ser flexível para aceitar o fato de que precisa começar de baixo;
  • Trabalhos temporários, etc.

Para os administradores mais experientes:

  • Ser flexível para mudar de área na carreira, se necessário;
  • Manter-se atualizado;
  • Voltar para faculdade, etc.

Mas, não quero me prender a estas recomendações, mesmo que sejam importantes. O fato é que todo profissional precisa se conscientizar da auto-responsabilidade.

“Auto-responsabilidade é a certeza absoluta (crença) que você é o único responsável pela vida que tem levado. Consequentemente, é o único que pode mudá-la”. Autor anônimo.  

Ou seja, assuma o controle da sua vida e de suas escolhas e não se permita ficar preso a crenças limitantes.

Por exemplo, minha experiência profissional como vendedor me fez enxergar que um currículo é uma proposta comercial de venda de mão de obra, a sua mão de obra.

Já abordei um pouco sobre currículo como proposta de mão de obra no artigo: Três dicas infalíveis para obter sucesso na busca por vagas para administrador de empresas. Leia para você entender melhor.

Consegui excelentes oportunidades de trabalho quando compreendi que currículo não é um pedaço qualquer de papel. Como consequência pude enxergar que eu era responsável pelo meu próprio sucesso.

Você precisa saber se vender. E uma das coisas que todo vendedor deve saber fazer é procurar uma boa oportunidade de negócio. E na maioria das vezes isso vai exigir:

  • planejamento;
  • bater perna atrás de uma oportunidade;
  • usar o network
  • utilizar um método para procurar oportunidades;
  • aprimorar o método (Kaizen);

Importante: aprimorar o método é algo fundamental para se chegar a excelência, e o método KAIZEN é muito bacana. Encontrei um artigo bem legal do Gustavo Periard sobre o método.

Em resumo a busca por uma oportunidade de trabalho nada mais é do que um processo.

Assim como buscar uma oportunidade comercial é um processo, recolocar-se no mercado também é.

Portanto, entenda isso e você ficará excelente na arte de encontrar oportunidades legais.

4 – MÉTODOS DE TRABALHO PARA GARIMPAR OPORTUNIDADES

Aqui vão algumas dicas de como você pode montar um método para buscar oportunidades de trabalho bacana.

É só uma ideia de como eu fazia quando era um jovem administrador.

Atualmente sou concursado e não tenho mais praticado.

  1. Defina seu alvo: o que você quer? Qual cargo? Salário? No que você é bom e tem talento? (independente de experiência). O que você faz bem e possui experiência? (considere sua experiência).
  2. Liste as empresas do mercado que você quer atacar: Procure nos jornais, na internet, guias e anuários.
  3. Defina 10 empresas e tente fazer uma priorização conforme alguns critérios, por exemplo:
    • Tamanho da organização;
    • Network;
    • O cargo que você sonha;
    • O tipo de trabalho;
    • Plano de carreira e etc.
  4. Pesquise a empresa – Identifique pessoas chaves como: gestores de RH, diretores, o negócio, os concorrentes, os principais desafios, etc.
  5. Elabore uma proposta de trabalho (baixe 10 super modelos de currículo aqui) com base na sua pesquisa: Pense em entregar valor.
  6. Faça de tudo para agendar uma reunião de negócios: Lembre-se de que a esta altura você deve ter muito a oferecer para a empresa (proposta de valor);
  7. Treine, treine e treine: pense como um ator que vai apresentar uma peça de teatro;
  8. Faça a reunião: No dia não se atrase, tome cuidado com a aparência, seja direto e apresente a proposta de venda de sua mão de obra.

 

Portanto, não é a sua vasta experiência ou a ausência dela que fará você obter sucesso na disputa por uma oportunidade de trabalho bacana, mas sim, sua postura, suas atitudes e sua estratégia.

5 – PONTOS PRINCIPAIS, FINALIZANDO

Neste artigo nós aprendemos:

Mesmo que você seja um jovem administrador há chances para você no mercado, a mesma regra vale para os administradores mais experientes.

Ambos precisam buscar a empresa com a necessidade correta para se venderem.

Efeito “halo”: nem sempre algo é o que parece. Não se sinta diminuído diante de um administrador mais experiente e nem se sinta descartável quando disputar um processo seletivo com os mais jovens.

Se convença das objeções primeiro:  para que você tenha condições de chegar com confiança na disputa por uma oportunidade de trabalho é preciso vencer objeções e desconstruir certas crenças limitantes. Lembre-se que cada empresa possui uma necessidade.

Auto responsabilização: assuma o controle da sua vida e suas escolhas. Não se permita ficar preso a crenças limitantes. Aprenda que o currículo é uma proposta de venda de mão de obra.

Métodos e melhorias: Crie um método para buscar oportunidades de trabalho e o melhore a cada dia. 

Espero que estas informações sejam úteis para te ajudar a conquistar a oportunidade de trabalho desejada.

Curta e compartilhe esse artigo em suas redes sociais e com seus amigos administradores.

Desta forma, nos ajudará a distribuir conteúdos especialmente desenvolvidos para o crescimento dos administradores. 

Seja o melhor gestor de si mesmo. Até a próxima e boa sorte administrador.

Cadastre-se para receber as atualizações do blog.

Mantenha-se informado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>


Crédito de Imagens: frepik.com