[Infográfico] Conheça nove habilidades para o administrador conquistar melhores oportunidades.

O infográfico a seguir fala das três principais habilidades do administrador e é a síntese de uma palestra que dei recentemente para alunos de um curso de administração.

Já falamos sobre habilidades do administrador aqui no blog.

Na ocasião contei uma história de como me dei mal em um processo seletivo. Clique para ler: Habilidades do administrador: 3 maneiras de vencer a concorrência na busca por oportunidades de trabalho, independente da sua idade.

Será a importante a leitura do artigo porque os temas no infográfico estão mais sintetizados.

No infográfico você verá três tipos de habilidades técnicas, três tipos de habilidades humanas e três tipos de habilidades conceituais que podemos e devemos usar se quisermos galgar melhores oportunidades.

As habilidades do administrador foram formuladas por Robert L. Katz em 1974 na Harvard Business Review.

Abaixo do infográfico você encontrará um texto com maiores informações sobre cada uma das habilidades.


COMO USAR AS HABILIDADES DO ADMINISTRADOR PARA CONQUISTAR MELHORES OPORTUNIDADES

como-usar-as-habilidades-do-administrador-para-conquistar-melhores-oportunidades


#1 – HABILIDADE TÉCNICA: É exigida no nível operacional durante a execução da tarefa.

É a capacidade de aplicação de conhecimentos ou especialidades.

No que diz respeito a habilidades técnicas, existem vários tipos, mas três sobressaem. São elas:

a) Habilidade técnica de marketing: 

Você possui características pessoais únicas. De certa forma essa é a sua marca pessoal. Mas o que você precisa fazer é estar  continuamente consciente da criação desta sua marca pessoal.

Ou seja, mantenha a vigilância a respeito da construção desta marca chamada ….(seu nome) S/A.

Além disso, crie um publico alvo para o qual você queira vender a sua mão de obra. Essa é consciência muito bacana, você não vai só ao trabalho durante um mês e depois recebe seu salário por isso. Você presta um serviço.

Pense em si mesmo como alguém que é um profissional ultra qualificado. Alguma empresa no mercado quer o seu talento e vai lhe pagar bem por isso. Encontre este público alvo.

b) Habilidade técnica de Vendas:

Venda o produto certo para a empresa certa. Como disse existem empresas procurando alguém com as suas qualidades e talentos. Primeiro você faz um inventário destas habilidades, depois você procura alguém que esteja disposto a pagar bem pela sua mão de obra qualificada.

Encontre a organização que queira comprar aquilo que você possui de melhor e vá a luta.

b) Habilidade técnica de design:

Não se esqueça que uma boa embalagem vende um produto, independente se ele é bom ou não. Já ouviu falar do efeito “halo”, clique aqui e saiba mais. 

Claro que se a embalagem vender um produto bom, será ainda melhor. Por isso, além do melhor conteúdo, que são seus talentos, ofereça a seu cliente (empregador atual ou futuro empregador) uma super embalagem para este conteúdo.

Cuide da:

  • sua imagem pessoal,
  • formatação do seu currículo,
  • sua página do facebook,
  • sua página do linkedin, d
  • suas roupas,
  • dos cabelos dentre outras coisas mais.

Mantenha-se informado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>


#2 – HABILIDADE HUMANA: É  exigida no nível intermediário durante as relações interpessoais.

Consiste na capacidade de trabalhar e lidar com pessoas e com si mesmo. Compreender a pessoas e gerenciar a sua automotivação.

As habilidades humanas são aquelas ligadas ao nível intermediário da organização, nível gerencial.

Vamos ver agora como usar três tipos de habilidades humanas para conseguir boas oportunidades:

a) Habilidade humana de parcerias/network:

Quantos amigos seus conseguiram uma oportunidade porque um tio, uma amigo ou o ex chefe os indicou?

Pois é, então se você ainda não possui amigos que você possa ajudar e também contar a ajuda deles, trate de montar a sua rede de parceiros chave para que você chegue nas melhores oportunidades.

b) Habilidade humana de comunicação:

Sem habilidade de comunicação você não vai conseguir fazer uma boa venda de seus talentos. Cuide da fala, da escuta e dos gestos nas entrevistas e em diálogos com potenciais parceiros.

Cuide da escrita na hora de redigir seu currículo, postar nas redes sociais, linkedin e relatórios.

c) Habilidade humana de autoexame:

Em meus processos de coaching onde atendo administradores, percebo nos coachees (clientes) muitas dificuldades em identificar habilidades pessoais.  Isto acontece devido a falta de autoconhecimento.

Penso que devemos buscar o autoconhecimento de forma perseverante. Assim, teremos maiores chances de conhecer nossos maiores talentos.

Conhecendo seus talentos você poderá vendê-los de forma mais adequada.

No livro a arte da guerra em quadrinhos, Sun Zi nos ensina:

SE VOCÊ NÃO CONHECER A SI MESMO E NEM O SEU INIMIGO, A BATALHA RESULTARÁ EM DERROTA. Sum Zi.

 

Mantenha-se informado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>


#3 – HABILIDADE CONCEITUAL: É exigida no nível estratégico durante as atividades de gestão.

É a capacidade mental para analisar situações complexas, tomar decisões com base na análise racional de informações e cenários.

Dentre as habilidades conceituais, destacamos três tipos:

a) Habilidade conceitual de formular metas claras:

Saber formular metas claras não é algo que todo mundo sabe. Frequentemente formulamos metas impossíveis de serem atingidas. Isso gera frustração e desânimo.

Mas existem técnicas que ajudam bastante na prática de estabelecer metas claras.

Em meu canal no you tube e em nosso blog você pode encontrar um conteúdo bem bacana sobre metas SMART.

Clique aqui para ver o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=6EU98E5ZpZY

Ou aqui para ler o artigo: https://topadministrador.com/treinamento-de-metas-administradores/

b) Habilidade conceitual de controle de indicadores: 

Lembra daquela decisão errada que você tomou e que depois você se arrependeu por um bom tempo? Muito provavelmente você não analisou dados e fatos entes de decidir.

Saber criar indicadores de sucesso para monitorar o seu progresso, em qualquer que seja a meta, te ajudará na tomada de decisões de forma mais assertiva.

Esta habilidade de controle tem tudo a ver com gestão.

Existe um ensino de William Edwards Deming que aprendi e nunca mais esqueci, veja:

NÃO SE GERENCIA O QUE NÃO SE MEDE,
NÃO SE MEDE O QUE NÃO SE DEFINE,
NÃO SE DEFINE O QUE NÃO SE ENTENDE,
E NÃO HÁ SUCESSO NO QUE NÃO SE GERENCIA

c) Habilidade conceitual de visão ampla: 

A terceira e última habilidade de nosso artigo é a habilidade de visão ampla. Para que você não se perca é sempre importante observar o problema ou situação olhando-a de cima ou de fora.

Gosto de pensar em uma situação hipotética que exemplifique esse conceito de visão ampla.

Imagine que você esteja em uma floresta super densa como a floresta Amazônica.

Pense, como seria mais fácil sair dela? Andando por entre as árvores até encontrar um rio? Ou subindo em uma árvore ou morro para de lá enxergar o rio ou saída?

Com certeza se você gosta de programas de sobrevivência, saberá que subir em um ponto mais alto fará você ver a situação de cima e ver a saída que precisa.

Assim também é na sua carreira, olhar o problema de fora ou de cima possibilitará obter maiores informações sobre a situação e facilitará  a tomada de decisão.

Mantenha-se informado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>


INFOGRÁFICO:

Gostou do conteúdo? Então compartilhe esse infográfico e ajude a divulgar essa informação! Nos ficaremos felizes. Use os botões de compartilhamento que você logo acima.

Um forte abraço.

Adm. Jadir Tosta Junior


Fontes:

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração, 5º Edição. São Paulo: Campus, 1999.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *