Consideração, apreço e respeito mútuo entre administradores

Apesar de ser muito discutidos em conversas sobre relacionamentos afetivos, consideração, apreço e respeito mútuo também são abordados no Código de Ética dos Administradores.

Na verdade, são citados como deveres especiais do administrador em relação aos colegas.

O artigo 7º do CEPA 

CAPÍTULO V
DOS DEVERES ESPECIAIS EM RELAÇÃO AOS COLEGAS


Art. 7° O Profissional de Administração deverá ter para com seus colegas a consideração, o apreço, o respeito mútuo e a solidariedade que fortaleçam a harmonia e o bom conceito da classe.

Além da consideração, apreço e respeito mútuo, o artigo 7º do CEPA também aborda a solidariedade.

É interessante observar que o artigo especifica que todos esses comportamentos devem ser cultivados na devida medida para que seja fortalecida a harmonia e o bom conceito da classe.

O CEPA não exige que a consideração, apreço e respeito mútuo seja a todo custo.

E isso nem seria possível de ser exigido, já que qualquer ambiente é composto por pessoas com valores e personalidades diferentes.

Dessa forma, o que o Código de Ética dos Administradores exige, é que os administradores convivam profissionalmente de forma a desenvolver a harmonia entre toda a categoria.

E o motivo é claro, mesmo que você ache que seus colegas de trabalho não mereçam toda sua consideração.

Consequências da consideração, apreço e respeito mútuo para a Administração 

Se uma categoria profissional desenvolve um convívio baseado no respeito mútuo e na consideração, mais facilmente ocorrerá seu crescimento.

Os administradores buscarão desenvolver um trabalho cada vez melhor e mais relevante.

Também buscarão discutir leis e regras voltadas para o desenvolvimento da categoria.

Além disso, acompanharão o trabalho dos Conselhos de perto exigindo que os interesses da categoria sejam defendidos.

Na parte final do artigo 7º é citado o bom conceito da classe.

Isso me fez lembrar de alguns comentários que já ouvi com relação à outras profissões.

Tanto comentários de que a categoria dos médicos é muito unida quanto a de que o pessoal da enfermagem é muito competitivo entre si.

É certo que nem todo médico é unido e trabalha respeitando os outros médicos.

E nem que todo profissional da enfermagem fala mal do outro pelas costas.

Mas, com base nos comentários que eu já ouvi, essa é uma das visões que algumas pessoas têm dessas categorias profissionais.

Acredito que o que o CEPA quis defender com o texto do artigo 7º é justamente a forma como a administração será vista com base no comportamento dos integrantes da categoria.

O bom conceito da classe

O profissional que desrespeita aos seus colegas, afeta diretamente a eles e indiretamente à toda a categoria.

E isso inclui a ele próprio.

Isso porque se a profissão não é admirável e vista como importante para o desenvolvimento da sociedade e das organizações, ela não alcançará prestígio.

E consequentemente refletirá no valor dos salários e número de vagas no mercado de trabalho.

Tratar os demais administradores com consideração, apreço e respeito mútuo portanto, trará benefícios para você também.

E garantirá que a administração torne-se cada vez mais importante e respeitada.

Então, faça a sua parte.

Curtiu o artigo? Então confira também o post que fala Tudo o que você precisa saber sobre o Código de Ética do Administrador

Queremos saber sua opinião

E ai? Se você chegou até aqui é porque gostou do conteúdo do nosso blog – Estou certo?

Serei grato se você nos fizer um grande favor, conceder uma classificação bacana logo abaixo deste post.

Então, isso aumentaria nossa motivação e ajudaria outros usuários a se sentirem mais confortáveis na leitura de nosso conteúdo.

Além disso, também nos ajuda a continuar produzindo conteúdos cada vez melhores.

Um forte abraço.