Competências do administrador e sucesso profissional: alguns possuem, muitos não. Descubra o que um garfo e uma faca nos ensinam sobre a questão.

Neste artigo vamos falar sobre competências do administrador.

De que modo você acha que pode conquistar:

  • Um cargo que lhe faça feliz, que lhe pague bem e ainda dê chances de crescimento profissional?
  • Ou um negócio que lhe remunere o suficiente para dar o conforto que sua família merece?
  • Ou ainda um trabalho que lhe permita ter tempo livre para brincar com seu filho no meio da tarde de um dia de semana?
  • Um cargo público que lhe dê a segurança da estabilidade e com isso a possibilidade de desenvolver um negócio on-line?

Neste momento, sua cabeça está nadando em pensamentos sobre o que exatamente pode ser feito para ter um trabalho ou negócio que lhe permita alcançar tudo isso, ou pelo menos uma parte.

Mas, permita-me te dizer algo, o mundo está cheio de pessoas que alcançaram uma vida que realmente faça sentido.

Acima de tudo, lembre-se que para se ter sucesso, em qualquer área, não é preciso planos rebuscados, estratégias da última moda ou “métodos” inovadores. Basta pensar simples.

As vezes, deixamos de enxergar o óbvio e nos entregamos aos encantos daquilo que é comercializado como moderno. Me acompanhe neste artigo que vou te dar um exemplo e revelar a você algo realmente simples e transformador.

Talvez esse seja o artigo mais bacana que já escrevi. Eu fiquei muito empolgado enquanto pesquisava e refletia sobre este tema.

Certamente você leu o artigo da semana passada que fala sobre as habilidades do administrador.

Pois é, nele falei de uma reflexão que estava fazendo sobre uma analogia: uma comparação sobre o garfo e faca e o sucesso profissional.

Hoje contarei a você como tive este “insight” incrível. Você verá como esta figura de linguagem está associada com as competências do administrador e com o sucesso profissional dele.  Me acompanhe.


UMA SIMPLES ANALOGIA PARA APRENDER: O GARFO E A FACA E O SUCESSO PROFISSIONAL DO ADMINISTRADOR

Uma analogia é um exercício mental para comparar didaticamente a semelhança existente entre dois tipos de situação.

Trata-se de algo muito simples, você verá. Veja se não é o caso.

O GARFO E A FACA

Tenho um filho de 2 anos, o pequeno Miguel, estávamos almoçando e ele não satisfeito em comer apenas com seu garfinho, resolveu imitar o papai e a mamãe que comiam com garfo e faca. Pediu a faca e lhe demos uma de plástico e sem ponta.

Eis o que aconteceu: suas mãozinhas não se coordenavam para executar suas funções. Ora ele levava a faca até a boca e em outro momento levava o garfo.

Somente quando levava o garfo até a boca é que ele tinha sucesso transportando a comida. Quando usava só a faca, nada era levado até a boca.

Não me segurei e iniciei um teste para ver se era a falta de habilidade do meu pequeno filho, que ainda tem muito a aprender, ou se eu também teria dificuldade.

Utilizando a faca na minha mão dominante (sou destro) concluí que até conseguia transportar comida a minha boca, mas não com o mesmo sucesso que tive utilizando um garfo.

E é claro que obtive ainda mais sucesso quando utilizei os dois talheres ao mesmo tempo. A faca para cortar o alimento em pedaços menores e o garfo em recolher o alimento para o transporte até a boca.

A esta altura você deve estar se perguntando, mas que novidade há nisso? Tudo isso é muito óbvio. Sim, eu sei. Não há nenhuma novidade se nossa análise se restringir a como nos alimentamos. Mas não é esse o meu objetivo.

A RESPEITO DE SUCESSO PROFISSIONAL DO ADMINISTRADOR?

Pois bem,  mas e se a situação analisada tivesse alguma relação com a sua vida profissional? Vamos ver como seria.

Vamos imaginar que o garfo seja a PRÁTICA que você executa e a faca é a TEORIA que você aprende.

Se você tentar alcançar o sucesso somente com a teoria ou a “faca”, você pode até ter algum avanço, mas vai ficar conhecido como um profissional metido que não possui qualquer resultado prático.

Já no caso de buscar o sucesso somente pela prática ou o “garfo”, suas chances de sucesso serão maiores, seus resultados serão melhores, mas, em alguns momentos você tentará realizar tarefas grandes demais, para as quais você não tem o conhecimento necessário.

Então é óbvio que seu sucesso será outro se você utilizar estes dois instrumentos ao mesmo tempo, ou seja, a teoria e a prática sempre juntos.

Em minha pesquisa encontrei este texto de Fernando Pessoa que fala bem sobre o assunto de teoria e prática:

Toda a teoria deve ser feita para poder ser posta em prática, e toda a prática deve obedecer a uma teoria. Só os espíritos superficiais desligam a teoria da prática, não olhando a que a teoria não é senão uma teoria da prática, e a prática não é senão a prática de uma teoria…Fernando Pessoa, in ‘Palavras iniciais da Revista de Comércio e Contabilidade’


MAS AFINAL, O QUE TEM TUDO ISSO A VER COM COMPETÊNCIAS DO ADMINISTRADOR?

O conceito de competência também se relaciona com a ideia de capacidade.

Isso, porque capacidades seriam conhecimentos, habilidades e atitudes desenvolvidas em situações como:

  • a formação superior,
  • a experiência prática.

Essas capacidades são passíveis de serem utilizadas em situações específicas no trabalho. O exercício de uma competência consistirá na combinação e na utilização dessas capacidades para executar um trabalho, ou um evento.

Portanto, as competências do administrador formam-se pelo conjunto de três elementos:

  1. CONHECIMENTO= Saber. O conhecer não definitivo, ou seja, é uma busca constante em aprender, reaprender e sempre buscar aumentar o conhecimento.
  2. HABILIDADE = Saber fazer. Usar o conhecimento para resolver problemas e ter criatividade para resolver não só problemas, mas para criar novas ideias.
  3. ATITUDE = Competência = Saber fazer acontecer. É obter bons ou excelentes resultados do que foi feito com conhecimento e habilidade.

No artigo sobre as habilidades do administrador destacamos três tipos de habilidades: Habilidades técnicas, Habilidades humanas e as Habilidades conceituais.

Agora, repare o diagrama a seguir e veja a relação que há entre as habilidades e as competências do administrador para se alcançar o sucesso profissional.

Talvez agora você tenha compreendido o motivo do meu entusiasmo com este artigo. Esta imagem resume muito do que você precisa saber para ter o sucesso profissional que você tanto busca.

Então, leve o diagrama com você. Aplique a ideia por onde trabalhar, inclusive comece colocando em prática agora mesmo com o que você acabou de aprender neste artigo.

E a propósito, não posso deixar de dizer que estamos preparando uma grande novidade, na verdade é um grande presente para você que está em busca de uma recolocação profissional bacana. Não saia antes de deixar o seu melhor e-mail no campo abaixo.

Mantenha-se informado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>


PONTOS PRINCIPAIS

Neste artigo aprendemos o valor de se fazer uma análise simples para compreender temas complexos. Utilizar analogias facilita o aprendizado.

Vimos também que as competências do administrador são formadas pelo conjunto de três elementos:

  1. Conhecimento = Saber.
  2. Habilidade = Saber fazer.  
  3. Atitude = Competência = Saber fazer acontecer.

Por fim, contemplamos um diagrama que mostra uma relação direta entre as habilidades do administrador (artigo anterior) e as competências do administrador.

E é isso ai. Espero que tenham gostado. Se sim, quero pedir uma pequena ajuda. Compartilhe este artigo com um de seus amigos ou com aquele grupo que você mais gosta.

Você pode fazer este compartilhamento utilizando os botões de redes sociais aqui do blog.

Também ficaria feliz se pudesse nos dar um feedback sobre o artigo.

Queremos melhorar ainda mais e com seu comentário saberemos melhor o que fazer.

Um forte abraço. E lembre-se, seja o melhor gestor de si mesmo.